6 de fevereiro de 2017

Regras - Quarta Semana do Desafio #30DiasParaSeAmarMais



Olá, a quarta - e última - semana do Desafio #30DiasParaSeAmarMais consiste em dar a desinchada final, te provar que o funcionamento do teu organismo pode ser de acordo com você quiser e mediante os teus objetivos. As regras vão acumulando durante as semanas e com isso, no final dos 30 dias, vamos ter pequenas mudanças de hábitos que podem se tornar pela vida inteira (assim espero). 

Regras para PRIMEIRA semana (post anterior):  
1- Tomar um suco detox em jejum;  
2- Consumir de 1,5l a 2l de água por dia;   
3- Realizar no mínimo 30 minutos de atividade física por dia - 5 dias na semana;   
4- Consumir 1 xícara de café com óleo de coco ao dia (termogênico natural).  

Regras para SEGUNDA semana:  
1- Tomar um suco detox em jejum;   
2- Consumir de 1,5l a 2l de água por dia;   
3- Realizar no mínimo 30 minutos de atividade física por dia - 5 dias na semana;   
4- Consumir 1 xícara de café com óleo de coco ao dia (termogênico natural).  
5- Trocar seu almoço ou jantar por uma opção de SALADA + PROTEÍNA;  
6- Consumir algum tipo de peixe 2x na semana. 

Regras para TERCEIRA semana:  
1- Tomar um suco detox em jejum;   
2- Consumir de 1,5l a 2l de água por dia;   
3- Realizar no mínimo 30 minutos de atividade física por dia - 5 dias na semana;   
4- Consumir 1 xícara de café com óleo de coco ao dia (termogênico natural).  
5- Trocar seu almoço ou jantar por uma opção de SALADA + PROTEÍNA;  
6- Consumir algum tipo de peixe 2x na semana. 
7- Comer de 3 em 3h 
8- Consumir de 2 a 3 frutas por dia.

Regras para QUARTA semana:  
1- Tomar um suco detox em jejum;   
2- Consumir de 1,5l a 2l de água por dia;   
3- Realizar no mínimo 30 minutos de atividade física por dia - 5 dias na semana;   
4- Consumir 1 xícara de café com óleo de coco ao dia (termogênico natural).  
5-  Realizar uma dieta LOWCARB - postar o resumo de todas as refeições do dia.

Benefícios da dieta LOWCARB:



A fome é o pior efeito colateral de fazer dieta, eu particularmente não sinto fome 6 vezes ao dia obrigatoriamente. É uma das principais razões pelas quais muitas pessoas se sentem miseráveis ​​e, eventualmente, desistem de suas dietas. Uma das melhores coisas sobre comer low-carb é que ele leva a uma redução automática do apetite. Os estudos mostram consistentemente que quando as pessoas cortam carboidratos e comem mais proteína e gordura, elas acabam comendo muito menos calorias.
Na verdade, quando os pesquisadores estão comparando low-carb e dietas de baixa gordura em estudos, eles precisam restringir ativamente as calorias nos grupos de baixo teor de gordura para tornar os resultados comparáveis. Resumindo: Quando as pessoas cortam carboidratos, o apetite tende a ir para baixo e elas muitas vezes acabam comendo muito menos calorias sem sequer tentar. Só para que você entenda: Para transformar as calorias que são ingeridas em energia, o corpo utiliza dois caminhos metabólicos. No primeiro, ele usa o carboidrato, no segundo, a própria gordura. Se os dois caminhos estão ok, o corpo se vale de ambos e, assim, acaba queimando gordura. Mas, se são diminuídos os carboidratos, a obtenção de energia é dificultada, então, o corpo passa a utilizar mais da gordura.
Antes mesmo de sair começando loucamente, é essencial ler em diversas fontes sobre as abordagens da dieta low carb. A gordura saudável tem um papel bem importante na história, não vejo sentido em dietas que restringem carboidrato mas também restringem gordura. Embora 1 grama de gordura tenha 9 calorias contra 4 calorias em 1 grama de carboidrato, a gordura tem um efeito incrível em relação a saciedade. No início vai ser estranho, afinal você passou a vida lendo e ouvindo por aí que a gordura é o inimigo. Eu devo ter demorado uns 4-5 meses na dieta para desencanar totalmente. Não fique com medo de variar as carnes consumidas. Coma nozes, abacate, coco, castanhas, azeitonas. Na salada, mande ver no azeite. Em casa faço muita verdura na manteiga com queijo – vagem, brócolis, couve flor. Substituí o leite do café (que tem lactose, o açúcar do leite) por nata fresca, fica muito bom. Quanto mais gordura saudável você consumir, menos fome vai passar. Aprenda mais sobre como a gordura tornou-se o inimigo a ser combatido no excelente documentário Fat Head.

DICAS LOW CARB:
• Carnes: de qualquer tipo, incluindo vaca, porco, carne de caça, frango, etc. Sinta-se livre para comer a gordura nas carnes, tanto quanto a pele do frango. Se possível, escolher comer carne “orgânica”.
• Peixes e crustáceos de todos os tipos. Peixes gordos tais como salmão, atum ou arenque são ótimos. Evite empanados
• Ovos: de todos as formas. Cozidos, fritos, omeletes, etc. Dê preferência aos ovos caipiras.
• Gordura natural: Molhos naturais, com muita gordura: usar manteiga e creme de leite quando você cozinha pode tornar a sua comida mais saborosa e te fazer sentir mais saciado
• Vegetais: Alface, tomate couve-flor, brócolis, couve, couve manteiga, aspargos, abobrinha, berinjela, azeitonas, espinafre, cogumelos, pepino, cebola, pimentão, e muito mais. E você pode incrementar com maionese de verdade, queijo, ovos picados, bacon, manteiga, etc.
• Laticínios: sempre escolha produtos integrais, nada de produtos desnatados: manteiga, creme de leite, creme azedo, iogurte grego, queijos amarelos. Seja cauteloso com leite e leite desnatado, pois ambos contém bastante lactose (açúcar do leite). Evite produtos com sabor, adoçados e sem gordura.
• Oleaginosas: macadâmias, avelãs, nozes, castanhas do pará, castanhas de caju, etc. Boas para comer em frente à TV (preferencialmente com moderação)
• Frutas vermelhas (morango, cereja, pitanga, acerola, amora, mirtilo): para comer com moderação, se você não adotar uma dieta super restritiva ou se não for alérgico. São boas com creme batido.
Evite sempre que puder:
Açúcar: O pior. Refrigerantes, doces, sucos, bebidas esportivas, de chocolate, bolos, pães, doces, tortas, sorvete, cereais matinais, etc.
Amido: Pão, massas, arroz, batatas, batatas frita, mingau e assim por diante. Produtos industrializados integrais são tão ruins quanto.
Leguminosas, tais como feijões e lentilhas são ricos em carboidratos. Quantidades moderadas de tubérculos e leguminosas bem preparadas podem ser OK (ao menos que você esteja comendo menos de 30g de carboidratos).
Margarina é uma imitação mais barata e Industrial da manteiga alto teor de gordura ômega-6 semi-hidrogenada e gorduras trans. Não tem benefícios para a saúde, muito pelo contrário, é péssimo e ainda por cima tem gosto ruim. Estatisticamente ligado à asma, alergias e outras doenças inflamatórias.
Cerveja é um pão líquido, cheio de carboidratos rapidamente absorvíveis, infelizmente.
Frutas: Muito doce, muito açúcar. Comer de vez em quando de sobremesa. Trate frutas como uma forma natural de doces.
00:07

Nenhum comentário:

Postar um comentário